Hotel Link - Galeão
Galeão, Rio de Janeiro
Fotos: André Nazareth
2018




Com caráter de centralidade, o hotel Linx está inserido em um contexto bastante urbano na cidade do Rio de Janeiro, dando apoio ao Aeroporto Galeão. Entretanto, apesar de um ambiente urbano, o Rio de Janeiro é rodeado de paisagens naturais e toques do verde e azul. Diante deste cenário, o conceito desse projeto foi criado para que haja um contraponto de sua arquitetura de bases urbanas (piso cinza, estrutura aparente, esquadrias pretas), com o colorido do Rio.





Grandes nomes do design se encontram nos lounges criados, como Fernando Jaeger, Paulo Alves e Guilherme Wentz, fazendo do lobby um ambiente heterogêneo e com muita personalidade. O pano de fundo do lobby foi desenvolvido pelo artista Carioca Alberto Pereira, que se apresenta ao lobby em um painel de aproximadamente 35m² conectando a paleta de cores ao conceito abordado. A escolha pelo lambe-lambe vem também como uma referência urbana, assim como a iluminação proposta para o teto da recepção, criando contrapontos urbanos e industriais com o colorido do mobiliário.





Além disso, uma premissa base para trabalhar os espaços foi a integração total dos ambientes, gerando maior amplitude e melhorando os fluxos e acessos às diferentes áreas e usos. A criação do Mercato, um espaço de autosserviço com caráter industrial, marca esta integração, dando apoio e autonomia ao hóspede.  O resultado final está em um ambiente acolhedor, aconchegante e irreverente.



Ibis Budget - São João
Centro, São Paulo
Fotos: Júlia Ribeiro
2017



O conceito do projeto tomou como inspiração a sua localização no centro de São Paulo e na decoração são encontradas diversas referências à cidade que vão desde a luminária com o formato do mapa de São Paulo no lobby, os adesivos com os nomes das ruas mais famosas da cidade, até a instalação de mais de 30 luminárias com cúpula de papel fazendo referência ao bairro da liberdade. Por outro lado, para manter a identidade da marca Ibis Budget, em todos os espaços foram tons de azul, que é a cor da bandeira, mesclando com tons de amarelo, cinza e branco para deixar os espaços mais descolados. Para não ficar monótono, foram usados dois modelos de piso, um simulando réguas de madeira em uma paginação espinha de peixe e outro em 3 tons imitando concreto com uma paginação geométrica. Ainda na pegada urbana, o balcão da recepção possui uma frente em blocos de jardineira em concreto, fazendo referência entre a natureza e as construções no centro da cidade. Ao fundo do balcão criamos um painel de telhas metálicas onduladas que remetem aos containers e um letreiro em neon amarelo que se destaca ainda mais com o brilho do painel ao fundo. Para ocultar o armário de apoio à recepção, foi criada uma padronagem geométrica que desconstrói o símbolo da cidade tão conhecido por todos.







Por ser um hotel antigo, as áreas sociais se encontravam muito desatualizadas tanto na estética quanto nas funções. Por esse motivo, foi solicitado a criação de um design inusitado, criativo e jovem para estimular os hóspedes a permanecer naquele espaço e incentivar que pessoas de fora frequentem essas áreas como um bar ou restaurante. Além disso, era necessário criar uma conexão maior entre o restaurante e o lobby para que ele fosse usado ao longo do dia e não somente para o café da manhã.
A parede que dividia o restaurante do restante do espaço foi demolida aumentando a conexão entre ambientes. Para manter a sensação de integração e ao mesmo tempo permitir que seja feito o controle do café da manhã, criamos um balcão que serve tanto para os funcionários que verificam quem irá tomar café na parte da manhã quanto para caixa das compras feitas na loja de conveniências. Essa loja que por sua vez representa uma parcela significativa da receita do hotel, foi repaginada com um design mais atual e descolado, deixando os produtos expostos de forma mais organizada e atraente. No restaurante, destacamos o balcão buffet da parede criando uma circulação por trás que facilita tanto os hóspedes a se servir quanto a reposição dos itens de café da manhã pelos funcionários. Na área do lobby foram criados diversos ambientes de longe, jogos e tv para fomentar o uso daquele espaço como permanência e também trabalho.







Terraço Hotel Prodigy - Santos Dumont
Centro , Rio de Janeiro
Fotos: André Nazareth
2018





A primeira fase do Retrofit do terraço do Hotel Prodigy Santos Dumont conta com a criação de três novos espaços que dialogam diretamente com a paisagem, assinados pela PKB Arquitetura. O conceito gira em torno da atmosfera e estilo de vida carioca. O terraço está diante de um dos principais cartões postais da cidade do Rio de Janeiro e desse modo, se integra não só de maneira física, mas também estética e sensorial com o visual do espaço urbano e da natureza.
No Restaurante Orla 21, alguns elementos como piso e esquadrias foram mantidos existentes mas a criação de um elemento orgânico em madeira freijó que se desenvolve desde o lounge da entrada principal até o buffet, traz identidade ao espaço. A inspiração para a criação deste elemento foram as curvas topográficas do relevo do Rio de Janeiro, fazendo referência à paisagem carioca. Ainda na entrada do restaurante, um painel em azulejo branco 20x20 é palco para a pintura assinada pelo artista Clécio Regis. Outros nomes do cenário carioca do design também estão presentes no espaço como Sergio Rodrigues com suas poltronas Tajá. A iluminação do salão principal do restaurante foi pensada através de outro elemento orgânico que se desenvolve, por sua vez no teto, através de duas hastes em madeira freijó fazendo o desenho das ondas do mar ao marcarem a areia. Os elementos do dia a dia carioca compõem a estética do todo e conferem ao espaço uma atmosfera ao mesmo tempo que descolada, elegante.









O deque lateral do terraço, antes utilizado somente com espreguiçadeiras, ganhou vida com a criação de lounges acolhedores e do Bar da Piscina. Neste local, o Rio de Janeiro é o protagonista, logo, as intervenções forma pensadas como palco para a paisagem, criando o mínimo de barreiras visuais e incentivando a apreciação do visual, ora dos prédios do centro da cidade, ora da baia de Guanabara. Para os lounges projetamos um grande pergolado com painéis de madeira que dão ao mesmo tempo aconchego, conforto térmico para o usuário. O Bar da Piscina seguiu o mesmo conceito dos lounges, sendo projetado em estrutura metálica, de maneira esbelta sem interferir na paisagem.  







Hotel Ibis Ribeirão Preto
Ribeirão Preto, São Paulo
Fotos: Zoro Seixas
2017
















Rioow Hostel
Centro, Rio de Janeiro
Fotos: Marcos Bravo
2013














contato@pkbarquitetura.com.br
21.3492-4767 | 21.2611-1174

︎

Rio de Janeiro | Jardim Botânico
Niterói | Icaraí

︎